top of page

Ozorio Design Digital

  • Foto do escritorClaudio Ozorio

Branding em Ação: Insights de minha palestra no Santa Summit 2023

Atualizado: 15 de jun.

No final de 2023, tive a honra de participar do Santa Summit, onde compartilhei meus conhecimentos sobre branding e comunicação com um público engajado e entusiasta. A palestra, intitulada "Como sua empresa fala? E como ela se comporta?", foi uma verdadeira jornada através das técnicas essenciais que transformam espaços comerciais em experiências de marca memoráveis.

A Magia do Branding e do Design

Durante a palestra, explorei como o branding, o visual merchandising e o design podem se unir para criar uma atmosfera que não apenas reflete a personalidade da marca, mas também enriquece significativamente a experiência do cliente. A ideia central é que cada elemento do ambiente comercial deve contar uma parte da história da marca, criando uma narrativa coesa e envolvente.


Experiências Sensoriais: Memória Olfativa e Trilha Sonora

Um dos pontos altos da apresentação foi a discussão sobre o uso dos aspectos sensoriais do marketing. Expliquei como a memória olfativa e a trilha sonora podem ser poderosas ferramentas para reforçar a identidade da marca e criar uma conexão emocional com os clientes. Ao utilizar aromas específicos e músicas cuidadosamente selecionadas, as marcas podem criar uma experiência imersiva que torna o ambiente comercial mais acolhedor e memorável.


Perguntas provocativas aos empresários, donos de lojas do varejo:

  • Você planejou a trilha sonora de sua loja? Tem o cuidado de comunicar através da ambientação sonora?

  • Sua marca possui uma identidade olfativa? Utiliza uma indentificação de aroma que reforça o seu tom de voz e a personalidade de sua marca?



Casos Práticos e Dicas Estratégicas

Para tornar a palestra ainda mais prática e aplicável, apresentei várias situações e ideias que os empresários e agências podem adotar para transformar seus pontos de venda. Desde a disposição dos produtos até a escolha das cores e a iluminação, cada detalhe pode ser otimizado para refletir a essência da marca e orientar os clientes de forma estratégica.


Na loja da Adidas Performance, por exemplo, o cliente pode experimentar os tênis, andando ou correndo sobre a esteira. Na Centauro, o destaque é a ação que gera desejo e valorização de um produto que foi exposto como único destaque, ocupando toda a vitrine.


Em um restaurante em shopping de São Paulo, o visual reforçou o conceito de comida fresca e saudável, preparada na hora, através das texturas, iluminação, cores e a exposição dos produtos, evitando o uso de material gráfico com fotos e cardápios.


O PDV 4.0 é uma metodologia que desenvolvi, combinando com plena sinergia branding, marketing e design merchandising. Através deste método, atribuo valores às estruturas de comunicação presentes em uma loja física, como a vitrine, uma estrutura de alta relevância. A vitrine é fundamental para reforçar o tom de voz da marca e, por isso, precisa ser explorada de forma inovadora e atraente, e não apenas como uma pilha de produtos, como muitas lojas do varejo utilizam.

Um exemplo são as vitrines conceituais: poucos produtos expostos, mas muito chamativas. O objetivo é chamar a atenção e atrair o olhar do possível cliente.


O Ponto de Venda como Palco Sensorial

Um dos principais conceitos discutidos foi a ideia do ponto de venda como um palco sensorial. Quando bem planejado, o ambiente comercial pode se tornar um cenário onde a marca se apresenta de forma envolvente e cativante. Ao criar um espaço que ativa os sentidos e proporciona uma experiência única, as marcas podem não apenas atrair clientes, mas também fidelizá-los.


Muitas empresas pecam ao não produzir sua identidade olfativa, optando por aromas genéricos e variados. O som, a trilha, se nota presente em grandes redes com rádio interna, porém muitas outras falham ao reproduzir as rádios locais, podendo trazer desconforto ao cliente e desencontro entre a música e o produto que é ofertado.

Por exemplo, imagine-se em uma joalheria, comprando uma aliança de casamento enquanto a música ambiente é a rádio local, divulgando uma oferta de carne com desconto. Lembro-me de quando fui a uma loja de roupas masculinas para escolher um traje para uma ocasião importante e me deparei com um "funk proibidão" tocando. Essas situações frustram a experiência do cliente e representam oportunidades perdidas de passar uma boa impressão.


Ainda falando em experiências, chegar a uma loja no shopping e se deparar com um bilhetinho escrito à mão "já volto" é outra representação de como as empresas do varejo pecam com a prática do branding. Imagine se a placa estivesse de acordo com a identidade visual da empresa, com um recado como "Tive de sair, me aguarde: garanto que sua espera irá valer a pena".


As Redes Sociais e a Voz da Marca

Na palestra, também apresentei alguns cases de clientes que ajudei a desenvolver porta-vozes da marca, envolvendo suas equipes, gestores e diretores, transformando-os em micro influenciadores que produzem conteúdo em vídeo para as redes sociais. Este é um tema que explorarei mais a fundo em outro artigo.


Legado da Palestra

Participar do Santa Summit 2023 e compartilhar essas ideias foi uma experiência enriquecedora. A resposta do público foi extremamente positiva, o que reforça a importância de investir em branding e design para criar experiências de marca que realmente fazem a diferença.

Se você deseja transformar seu ponto de venda em um verdadeiro palco sensorial e otimizar suas vendas, não hesite em aplicar essas técnicas e continuar explorando novas formas de comunicar a personalidade da sua marca.


18 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page